A Licença Feminista de Produção por Pares (f2f)

https://labekka.red/licencia-f2f/

Sob a Licença Feminista de Produção por Pares (F2F), você é livre para compartilhar o trabalho (copiar, distribuir, executar ou executar publicamente) e fazer trabalhos derivados sob as seguintes condições:

 

Atribuição

Você deve reconhecer o crédito pela obra da maneira especificada pela( s) autora(s) ou licenciante(s) (mas não de uma maneira que sugira que elas apóiem você ou a seu uso da obra).

 

CompartilhaIgual

Se você modificar ou transformar esta obra, ou produzir uma obra derivada, você só poderá distribuir a obra gerada sob uma licença idêntica a esta.

 

Feminista anticapitalista

A exploração comercial desta obra só é permitida a cooperativas, organizações e coletivas sem fins lucrativos, e organizações de trabalhadoras auto-geridas, que se identificam e se organizam sob princípios feministas. Qualquer excedente ou mais-valia obtida do exercício dos direitos concedidos por esta licença sobre a obra deve ser reinvestida na luta contra o patriarcado e o capitalismo.

 

Entendendo que…

  • Algumas dessas condições podem não se aplicar se a permissão for obtida da(s) pessoa(s) detentora(s) dos direitos autorais.
  • Quando a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público de acordo com a legislação aplicável em vigor, esta situação não será afetada pela licença.
  • Os seguintes direitos não são afetados de forma alguma pela licença:
    • Os direitos derivados de usos legítimos ou outras limitações reconhecidas por lei não são afetados pelo acima exposto;
    • Os direitos morais da(s) autora(s);
    • Direitos que outras pessoas possam ter sobre o próprio trabalho ou seu uso, tais como direitos de imagem ou privacidade.
    • Ao reutilizar ou distribuir o trabalho, você deve tornar muito claros os termos da licença para este trabalho.
    • A melhor maneira de fazer isso é criar um link para esta página.

 

Perguntas frequentes

O que se entende por “princípios feministas”?

Isso cabe a cada pessoa, coletivo ou organização decidir. No mínimo, deve ter a aspiração de lutar contra a cisheteropatriarquia.

O que é cisheteropatriarquia?

É o sistema de organização social que tem o homem cisheterossexual como centro e medida de tudo; estabelecendo relações de poder e submissão desiguais com o resto dos seres humanos e a natureza.

 

Imagens para sua obra

Se quiser utilizar logotipos para identificar a licença, utilize os seguintes links:

 

Créditos

Essa licença foi criada pela coletiva la_bekka, e traduzida pelo coletivo planètes. A versão original em espanhol pode ser encontrada nesse link. A licença foi derivada de uma Licença de Produção de Pares.

Iniciando um grupo de apoio mútuo

(Esse texto é uma tradução e adaptação de https://aarpcommunityconnections.org/start-group)

 

Os grupos de apoio mútuo são grupos informais de voluntários que ajudam a comunidade a se conectar durante períodos de crise, garantindo que ninguém tenha que enfrentar a crise por si só. Isso inclui ajuda para uma série de coisas, desde fazer compras para a vizinhança até checar se todes estão saudáveis. Esse guia vai te ajudar a criar um grupo de apoio mútuo e a pensar como apoiar as ações da sua comunidade.

Continue reading “Iniciando um grupo de apoio mútuo”

Respirar Fundo: Teletrabalho e conciliação: Uma falácia em formato de pandemia

Por Tamara Alvaréz

Nos três rápidos minutos que demorei para ligar meu notebook, tive que levantar pela queda de uma luminária que estava na mesinha e tirar das mãos de minha filha o vidro de um porta-retrato que ameaçava se estilhaçar no chão da sala. Agora ela está pulando sem parar em um sofá que, tenho certeza, não chegará vivo ao final da quarentena pois é o único lugar da casa onde uma criança pequena pode gastar livremente toda energia que tem dentro, que é muita… E ante meu nervosismo crescente, porque se machuca a cabeça tenho que levar a uma emergência lotada, e por ter que me concentrar em escrever apesar de tudo isso, respiro profundamente pela enésima vez no dia. Se me perguntassem a minha profissão, nesse momento te diria que sou uma respiradora profunda profissional.

Continue reading “Respirar Fundo: Teletrabalho e conciliação: Uma falácia em formato de pandemia”

Avaliando as habilidades que você pode trazer para o apoio mútuo

Texto traduzido do zine You Have Skills: Evaluating What Skills You Can Bring to Radical Organizing

É muito fácil, quando se olha para o panorama geral do trabalho de base, não saber por onde começar ou como ajudar. A situação pode se tornar debilitante e paralisante. E eu, como alguém com ansiedade, sem dúvida olho para o quadro geral às vezes e não sei o que fazer ou como ajudar e acabo ficando paralisado. Às vezes eu não ajudo porque não sei para onde ir.

Parte de se sentir confortável em ajudar, ser voluntário e trabalhar em solidariedade com as pessoas é saber como se pode contribuir. Vamos falar sobre diferentes formas de olhar para suas habilidades para que você saiba exatamente como você pode ajudar. Com a combinação de conhecer suas habilidades e conhecer seus limites, você pode consentir plenamente, com entusiasmo, com o que quer que você esteja se candidatando.

Continue reading “Avaliando as habilidades que você pode trazer para o apoio mútuo”

Introdução ao apoio mútuo

 

Na prática do apoio mútuo, que remonta aos primeiros passos da evolução, encontramos a origem evidente e indubitável de nossas concepções éticas; e podemos afirmar que, no progresso ético do homem, o apoio mútuo — e não a luta de uns contra os outros — tem o papel principal. Em seu avanço, mesmo no momento presente, vemos também a melhor garantia de uma evolução ainda mais grandiosa de nossa espécie.

Pyotr Kropotkin, “Apoio mútuo: Um fator da evolução”

No pensamento Akan, do sul de Gana, a comunidade é representada por um “crocodilo siamês” com duas cabeças, mas apenas um estômago. O estômago comum dos dois crocodilos indica que os interesses básicos de todos os membros da comunidade são idênticos. Portanto, pode ser interpretado como simbolizando o bem comum, o bem de todos os indivíduos dentro de uma sociedade.

FUNTUNFUNEFU-DENKYEMFUNEFU

No pensamento Akan, o bem comum não é um substituto para a soma dos vários bens individuais. Ele não consiste ou deriva dos bens e preferências de determinados indivíduos. Existe um provérbio Akan que diz: Obra ye nnoboa. Nnoboa significa “ajudar uns aos outros a trabalhar na fazenda”. Nas comunidades rurais de Gana, quando um agricultor percebe que o trabalho na fazenda não pode ser concluído dentro de um certo tempo se ele o fizesse sozinho, ele solicita a ajuda e o apoio de outros agricultores da comunidade. Os outros agricultores prontamente ajudam a esse agricultor, que, desta forma, completa sua produção dentro do prazo. O mesmo pedido seria, quando necessário, feito pelos outros fazendeiros em diferentes ocasiões.

Assim, obra ye nnoboa significa a vida é apoio mútuo.

Continue reading “Introdução ao apoio mútuo”