A Licença Feminista de Produção por Pares (f2f)

https://labekka.red/licencia-f2f/

Sob a Licença Feminista de Produção por Pares (F2F), você é livre para compartilhar o trabalho (copiar, distribuir, executar ou executar publicamente) e fazer trabalhos derivados sob as seguintes condições:

 

Atribuição

Você deve reconhecer o crédito pela obra da maneira especificada pela( s) autora(s) ou licenciante(s) (mas não de uma maneira que sugira que elas apóiem você ou a seu uso da obra).

 

CompartilhaIgual

Se você modificar ou transformar esta obra, ou produzir uma obra derivada, você só poderá distribuir a obra gerada sob uma licença idêntica a esta.

 

Feminista anticapitalista

A exploração comercial desta obra só é permitida a cooperativas, organizações e coletivas sem fins lucrativos, e organizações de trabalhadoras auto-geridas, que se identificam e se organizam sob princípios feministas. Qualquer excedente ou mais-valia obtida do exercício dos direitos concedidos por esta licença sobre a obra deve ser reinvestida na luta contra o patriarcado e o capitalismo.

 

Entendendo que…

  • Algumas dessas condições podem não se aplicar se a permissão for obtida da(s) pessoa(s) detentora(s) dos direitos autorais.
  • Quando a obra ou qualquer de seus elementos estiver em domínio público de acordo com a legislação aplicável em vigor, esta situação não será afetada pela licença.
  • Os seguintes direitos não são afetados de forma alguma pela licença:
    • Os direitos derivados de usos legítimos ou outras limitações reconhecidas por lei não são afetados pelo acima exposto;
    • Os direitos morais da(s) autora(s);
    • Direitos que outras pessoas possam ter sobre o próprio trabalho ou seu uso, tais como direitos de imagem ou privacidade.
    • Ao reutilizar ou distribuir o trabalho, você deve tornar muito claros os termos da licença para este trabalho.
    • A melhor maneira de fazer isso é criar um link para esta página.

 

Perguntas frequentes

O que se entende por “princípios feministas”?

Isso cabe a cada pessoa, coletivo ou organização decidir. No mínimo, deve ter a aspiração de lutar contra a cisheteropatriarquia.

O que é cisheteropatriarquia?

É o sistema de organização social que tem o homem cisheterossexual como centro e medida de tudo; estabelecendo relações de poder e submissão desiguais com o resto dos seres humanos e a natureza.

 

Imagens para sua obra

Se quiser utilizar logotipos para identificar a licença, utilize os seguintes links:

 

Créditos

Essa licença foi criada pela coletiva la_bekka, e traduzida pelo coletivo planètes. A versão original em espanhol pode ser encontrada nesse link. A licença foi derivada de uma Licença de Produção de Pares.

Iniciando um grupo de apoio mútuo

(Esse texto é uma tradução e adaptação de https://aarpcommunityconnections.org/start-group)

 

Os grupos de apoio mútuo são grupos informais de voluntários que ajudam a comunidade a se conectar durante períodos de crise, garantindo que ninguém tenha que enfrentar a crise por si só. Isso inclui ajuda para uma série de coisas, desde fazer compras para a vizinhança até checar se todes estão saudáveis. Esse guia vai te ajudar a criar um grupo de apoio mútuo e a pensar como apoiar as ações da sua comunidade.

Continue reading “Iniciando um grupo de apoio mútuo”

Respirar Fundo: Teletrabalho e conciliação: Uma falácia em formato de pandemia

Por Tamara Alvaréz

Nos três rápidos minutos que demorei para ligar meu notebook, tive que levantar pela queda de uma luminária que estava na mesinha e tirar das mãos de minha filha o vidro de um porta-retrato que ameaçava se estilhaçar no chão da sala. Agora ela está pulando sem parar em um sofá que, tenho certeza, não chegará vivo ao final da quarentena pois é o único lugar da casa onde uma criança pequena pode gastar livremente toda energia que tem dentro, que é muita… E ante meu nervosismo crescente, porque se machuca a cabeça tenho que levar a uma emergência lotada, e por ter que me concentrar em escrever apesar de tudo isso, respiro profundamente pela enésima vez no dia. Se me perguntassem a minha profissão, nesse momento te diria que sou uma respiradora profunda profissional.

Continue reading “Respirar Fundo: Teletrabalho e conciliação: Uma falácia em formato de pandemia”